Diretores podem solicitar remanejamento e reserva técnica de livros para as escolas

Está aberto, até o dia 13 de abril, o sistema para remanejamento de livros didáticos e solicitação da reserva técnica para aquisição de novos exemplares para as unidades escolares. O remanejamento é destinado à troca de livro entre escolas, buscando equilibrar as quantidades disponibilizadas para cada uma. A solicitação técnica apenas deve ser feita quando o remanejamento de livros não for suficiente, analisado a quantidade real de estudantes e as quantidades de livros disponíveis por escola. O sistema pode ser acessado no endereço pdeinterativo.mec.gov.br.

A coordenadora de Livros Didáticos e Biblioteca da Secretaria da Educação do Estado, Alessandra Santana, fala sobre a importância do processo. “Os gestores devem ficar alertas, pois para demandar livros na Reserva Técnica é necessário ofertar algum livro na aba de ‘Remanejamento de Livros’. Cada rede de ensino tem à sua disposição livros para atender até 3% da projeção de matrículas deste ano. Por isso, o pedido tem que ser de acordo com a real necessidade de livros apenas para o ano de 2018”, afirmou.

O objetivo do Sistema de Remanejamento é auxiliar os sistemas de ensino estaduais, municipais e do Distrito Federal na realização das trocas de livro entre escolas, buscando equilibrar as quantidades disponibilizadas a cada uma. Caso o remanejamento não tenha suprido a demanda de livros das escolas, é possível solicitar a reserva técnica pelo mesmo sistema

Todas as orientações quanto à execução do PNLD em seu âmbito de gestão e, mais especificamente, quanto à utilização do sistema, estão disponíveis no portal do FNDE, em www.fnde.gov.br >> Programas > Programas do Livro > Livro didático > Apoio à Gestão.

Entrega de livros didaticos no Mestre Paulo dos Anjos (28)- b(1)

Fotos: ilustração/ Claudionor Junior