Secretaria da Educação do Estado prorroga prazo de adesão ao Programa Todos pela Alfabetização

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A Secretaria da Educação do Estado prorrogou até a próxima sexta-feira (10) o prazo para que as prefeituras e entidades dos movimentos social e sindical de toda a Bahia possam aderir à décima etapa do Programa Todos Pela Alfabetização (TOPA). Com o TOPA, 1,4 milhão de jovens acima de 15 anos, adultos e idosos, que não puderam efetuar os estudos na idade regular, foram alfabetizados na Bahia.

Para a adesão, as prefeituras já parceiras ou interessadas podem entrar em contato com o setor de Sistema do Programa TOPA, através do e-mail topa.sistema@educacao.ba.gov.br para posterior liberação de acesso ao Sistema Gestão TOPA. Em seguida, devem preencher o formulário, disponível no sistema pelo site www3.sec.ba.gov.br/gsec/gestaotopa, e imprimir duas vias do Termo de Adesão assinadas pelo prefeito e secretário municipal de educação. O termo e a documentação devem ser encaminhados, via Sedex, para a Coordenação de Avaliação e Monitoramento do Programa TOPA, até às 18h, da data limite, para o seguinte endereço: Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Coordenação de Programa Especiais (COPE), Programa Todos pela Alfabetização (TOPA), Avenida Luiz Viana Filho, nº 550, 5ª Avenida, 4º andar, Centro Administrativo da Bahia – CAB/Salvador – BA, CEP: 41.745-004.

Com relação às entidades que tenham interesse em firmar a parceria com o Programa, devem se dirigir aos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e procurar o supervisor territorial para o processo de adesão. Posteriormente, a Coordenação de Avaliação e Monitoramento enviará ofício informando sobre a aprovação ou não da entidade. Caso sejam aprovadas, as instituições parceiras serão autorizadas a realizar o cadastramento dos alfabetizandos, a partir da definição de metas para cada município, pela Coordenação Geral do programa.

Fonte: Ascom Educação

 

Secretaria apresenta plano de trabalho para diretores dos 27 NTE

pinheiro1Os diretores dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), participaram de encontro para apresentação do plano de trabalho para os anos de 2017/2018 e contribuições do planejamento estratégico da Secretaria da Educação do Estado.  Foram dois dias (20 e 21/2) de reuniões, que contaram com a participação do secretário da Educação da Bahia, Walter Pinheiro, e gestores. O enfoque principal foi o fortalecimento do eixo pedagógico nas unidades e da relação entre os NTE e a Secretaria, assim como, as novidades e parcerias que irão auxiliar a educação em toda a rede estadual.
Para o secretário, os núcleos têm que contribuir na reformulação da educação, partindo de uma gestão que respeite o conceito territorial. Pinheiro pautou como principal desafio da Educação o desenvolvimento do eixo pedagógico e disse que a secretaria está trabalhando para que todas as escolas passem a contar com uma coordenação pedagógica. “Pedagogia não é uma agenda. Toda escola com coordenação pedagógica é o desafio pautado para toda a Secretaria da Educação, que se coloca como ferramenta, como apoio”, afirmou.
Pinheiro ainda falou sobre como secretaria pretende aumentar a aproximação com os Núcleos. “Estamos criando a Coordenação de Núcleos Territoriais com a função de ampliar essa relação, dando todas as condições para realizarmos um trabalho focado nos aspectos específicos de cada território”. Outra iniciativa destacada é a reestruturação do Instituto Anísio Teixeira, que passará a atuar na formação de professores de forma territorial, em parceria com as universidades públicas estaduais e federais na Bahia, além dos institutos federais.
A diretora Solange Sampaio, do Núcleo Territorial de Educação do Litoral Sul (NTE 5), falou sobre a importância do encontro. “Essa reunião foi fundamental pois apresenta as ações da secretaria para efetivar as atuações dos Núcleos em suas regiões. Ficamos muito satisfeitos pela criação da coordenação, pois é algo que já vínhamos sinalizando essa necessidade e nesse momento é anunciado essa aproximação tão esperada”, enfatizou.
Já para o diretor Ricardo Moraes, do Núcleo Territorial de Educação do Sudoeste Baiano (NTE 20), o momento “foi essencial pois mostra o perfil desta gestão que dá um novo redimensionamento no sentimento da escola, resgatando o perfil pedagógico e o papel da escola”, pontuou.
Projetos
O secretário também apresentou novos projetos que serão desenvolvidos na rede estadual, como o projeto Inove Educação, desenvolvido em parceria com o Google para a disponibilização gratuita da plataforma Google Apps para Educação.  O aplicativo Google Sala de Aula disponibiliza um Ambiente Virtual de Aprendizagem de última geração, dinamizando os processos de ensino e aprendizagem e configurando uma rede social de conhecimentos que integra estudantes e professores.
Pinheiro ainda citou a implantação de novos Centros Juvenis de Ciência e Cultura, hoje presentes em cinco municípios; das Escolas Culturais, que disponibilizarão cursos e ferramentas para fomentar a produção audiovisual, além de salas de exibição; dos Escritórios Criativos, para fomentar o empreendedorismo; o desafio de conectar todas as escolas através da banda larga; além da realização do Virtual Educa 2018, na Bahia.
O secretário informou que serão investidos mais de R$ 90 milhões para assegurar a recuperação e a manutenção de escolas, além de novos investimentos em mobiliário, bibliotecas, material didático e de R$ 32 milhões na aquisição de gêneros alimentícios da Agricultura Familiar.
Fonte: Ascom Educação

Escolas de Santo Antônio e Sapeaçu entram no clima do Carnaval

carnavalOs estudantes do Colégio Estadual Eliel Martins, em Sapeaçu, estão entrando no clima do Carnaval.   Máscaras, fantasias diversas e confetes serão utilizados para alegrar as principais ruas da cidade com o “grito de carnaval”, nesta quarta-feira (22/02). Com o tema “Colégio Eliel Martins na história, criatividade e folia”, o projeto é um dos que serão desenvolvidos durante a primeira unidade.

“Considerando que no interior não temos a cultura do carnaval tão forte, o nosso objetivo é proporcionar um pouco dessa vivência aos estudantes”, pontua Ednaldo Barreto da Silva, vice-diretor da escola.

Para Laísa Oliveira Santana, 16 anos, o projeto é uma oportunidade para sentir o clima do carnaval mais de perto. “Além disso, incentiva a integração entre as turmas, reforçando o trabalho em equipe”, pondera a estudante.

A alegria do Carnaval também vai invadir o Colégio Estadual Maria Conceição Costa e Silva de Oliveira, em Santo Antônio de Jesus, na próxima quinta-feira (23/02). A temática “Carnaval é alegria” norteará atividades lúdicas que envolverão desfile de fantasias e baile ao som de marchinhas tradicionais.

Já no Centro de Apoio Pedagógico Aurélio Pires, também em Santo Antônio, o 8° Grito de Carnaval irá animar o dia dos estudantes.

 

Secretaria orienta estudantes sobre conservação de livros

 Foto: Claudionor Jr - Ascom Educação


Foto: Claudionor Jr – Ascom Educação

Os livros didáticos são indispensáveis para o processo de ensino e de aprendizagem, se tornam parte da rotina diária dos estudantes e em muitos casos são reaproveitados de uma série para outra por estudantes diferentes. Nesse sentido, a Secretaria da Educação do Estado presta algumas orientações para evitar o desgaste do material e que contribuem para a conservação desta importante fonte de conhecimento.

Forrar os livros é uma ótima alternativa para a conservação. Os estudantes podem utilizar plásticos e outros matérias como diferentes tipos de papeis para customizar as capas. Podem utilizar até fotografias. A ideia, segundo a coordenadora do Livro Didático da Secretaria da Educação do Estado, Alessandra Santana, é deixar a criatividade fluir para proteger os livros.
“É necessário que as unidades escolares promovam uma constante ação de conscientização por meio dos professores, colegiado escolar, líderes de classe e familiares para que os livros sejam bem conservados. Sugerimos que sejam produzidos cartazes com orientações, organizar o Dia do Encapamento para que os alunos usem a criatividade dentro da disciplina de Artes, promover concursos de capas e premiar as turmas com o maior número de livros bem conservados”, recomenda Alessandra Santana.
A coordenadora ressalta a importância da participação da família no cuidado com o material didático dos filhos. “Os pais também podem fiscalizar e conscientizar os estudantes, orientando-os a manter os livros em local apropriado, arejado e sem umidade. Além disso, não devem riscar, rasurar ou rasgar as páginas e capas, porque os mesmos serão devolvidos para serem reutilizados por outros estudantes, seguindo o triênio da campanha”, esclarece.
Os livros didáticos são solicitados pelas escolas diretamente ao Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) e todos os exemplares disponibilizados são aprovados pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). Uma vez entregues, passam a ter dominialidade das escolas, que realizam a entrega aos estudantes.
Fonte: Ascom Educação

Estado cria Núcleos Territoriais de Educação na Bahia

sec-sedeO governo do Estado da Bahia publicou, no dia 2 de fevereiro, o Decreto nº 17.377, que altera as denominações e as finalidades de unidades administrativas da Secretaria da Educação do Estado. Uma das novidades é a transformação dos Núcleos Regionais de Educação (NRE) em Núcleos Territoriais de Educação (NTE).
O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, falou sobre a importância desta nova configuração. “A medida segue o alinhamento das políticas públicas do Estado, que consideram as diferentes dimensões e características dos 27 Territórios de Identidade da Bahia, sejam elas sociais, culturais, ambientais, econômicas e que trazem, principalmente, o pertencimento da população quanto aos locais onde vivem. Portanto, um direcionamento fundamental para a adequação das políticas educacionais”, afirmou Pinheiro.
O decreto também altera a denominação da Superintendência de Planejamento e Organização da Rede Escolar para Superintendência de Planejamento Operacional da Rede Escolar. A finalidade da superintendência é planejar e coordenar ações que apoiem o funcionamento das unidades escolares do sistema de ensino, segundo normas gerais de organização e legalização, garantindo a base indispensável à manutenção do padrão de qualidade do trabalho pedagógico.
Outra alteração foi da Superintendência de Desenvolvimento da Educação Profissional, que passa a ser Superintendência da Educação Profissional e Tecnológica, com o propósito de planejar, coordenar, promover, executar, acompanhar e supervisionar as políticas, os programas, os projetos e as ações de Educação Profissional e Tecnológica, incluindo orientação profissional para seus estudantes e certificação profissional para os trabalhadores.
Além disso, a Coordenação de Projetos Especiais da Secretaria de Educação passa a ter por objetivo coordenar a execução de projetos especiais prioritários que visem a melhoria da escolaridade do cidadão baiano e, em regime de colaboração, apoiar os municípios na implementação de políticas e programas educacionais no Estado. A Coordenação de Relações Institucionais e Articulação Federativa da Secretaria de Educação passa a ter por finalidade promover a articulação entre órgãos e entidades das administrações estadual e municipal e as relações institucionais com o Poder Legislativo e com a sociedade civil e suas organizações.
Outro decreto publicado, no mesmo  dia foi o de nº 17.378, que altera dispositivos do regimento da Secretaria da Educação do Estado.
Fonte: Ascom Educação

Secretário da Educação do Estado participa da Jornada Pedagógica em Santo Antônio de Jesus

cefcmO secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, participa da Jornada Pedagógica em Santo Antonio de Jesus, nesta quinta-feira (2). Às 10h30, Pinheiro estará no Centro de Apoio Pedagógico Aurélio Pires, ao lado da Universidade Estadual da Bahia (UNEB), no bairro Jardim Brasil. Depois, Pinheiro seguirá acompanhado por gestores e superintendentes da Secretaria para o Colégio Estadual Francisco da Conceição Menezes, no bairro Andaiá.

A jornada acontece, simultaneamente, até esta sexta-feira (3), em todas as escolas da rede estadual de ensino e tem como tema “Escola e Comunidade para Educar e Transformar”. Na capital e no interior, professores, gestores, estudantes, familiares e representantes da comunidade do entorno discutem e constroem o Projeto Político Pedagógico das escolas, além de planejar as atividades interdisciplinares a serem realizadas, em 2017.

Serviço:

O que: Secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, participa da Jornada Pedagógica, em Santo Antônio de Jesus

Quando: Quinta-feira (2 de fevereiro)

Horário: Às 10h30

Classificados no Sorteio Eletrônico devem se matricular quarta (1/2)

6_3Começa, nesta quarta-feira (1º) e segue até sexta (3), a matrícula para os contemplados no Sorteio Eletrônico da Educação Profissional. Os candidatos contemplados para as 11.748 mil vagas dos 33 cursos técnicos de nível médio ofertados deverão se dirigir aos Centros Territoriais e Estaduais de Educação Profissional para os quais se inscreveram, em 57 municípios espalhados pelos 27 Territórios de Identidade da Bahia. Das vagas ofertadas, 9.288 são para o interior do Estado e 2.460 mil para Salvador e Região Metropolitana de Salvador (RMS).
No ato da matrícula, devem ser apresentadas cópias e originais dos seguintes documentos: CPF, Histórico Escolar, Carteira de Identidade e comprovante de residência. O início das aulas está previsto para 6 de fevereiro de 2017. Todos os candidatos inscritos no Sorteio Eletrônico foram classificados. Mas só são convocados para a matrícula os contemplados de acordo com a classificação e o número de vagas ofertadas em cada Centro de Educação Profissional. Inicialmente, os contemplados serão convocados para efetivar a matrícula. Havendo desistência, as vagas residuais serão preenchidas de acordo com a classificação dos demais candidatos.
Os candidatos contemplados no Sorteio Eletrônico para os cursos no eixo tecnológico Produção Cultural e Design, ofertados pelo Centro Estadual de Educação Profissional em Artes e Design, em Salvador, passarão por um teste de habilidade específica. O teste, de caráter eliminatório, será aplicado no próprio Centro, durante o período de matrícula. Os estudantes deverão se dirigir ao Centro com os documentos necessários, pois se aprovados no teste de habilidade específica efetivarão a matricula imediatamente após o teste.
O secretário da Educação do Estado da Bahia, Walter Pinheiro, fala sobre os avanços na oferta para esta modalidade de ensino. “A oferta da Educação Profissional da Bahia tem crescido a partir de 2007, quando se tornou uma prioridade do Governo do Estado investir na formação e preparação dos jovens para o mundo do trabalho. Portanto, só na modalidade Subsequente, que é esta do Sorteio Eletrônico para quem já concluiu o Ensino Médio, são quase 12 mil novas vagas ofertadas a estes jovens e trabalhadores, para que possam atender a demanda competitiva do mundo do trabalho e se beneficiem do desenvolvimento socioeconômico e ambiental do Estado”, afirmou.
Fonte: Ascom Educação

Jornada Pedagógica mobiliza escolas e comunidades para o planejamento do ano letivo 2017

IMG-20170131-WA0013A Secretaria da Educação do Estado promove, de 1º a 3 de fevereiro, a Jornada Pedagógica para o planejamento do ano letivo 2017. Trata-se de um espaço coletivo de organização do trabalho pedagógico, que envolve professores e gestores em todas as escolas estaduais e que, também, é aberto para estudantes, famílias e representantes das comunidades locais. Neste ano, a jornada tem como tema “Escola e Comunidade para Educar e Transformar” e acontece em dois momentos, tendo a segunda etapa programada para o dia 21 de julho.
A Jornada Pedagógica traz atividades diversificadas para o fortalecimento de práticas educativas e socialização de metodologias que despertem o interesse, a participação e a aprendizagem dos estudantes. Durante os três dias de trabalho, os participantes fazem uma avaliação do ano letivo de 2016 e discutem o Projeto Político Pedagógico das escolas, além do planejar as atividades interdisciplinares a serem realizadas em cada unidade escolar em 2017.
O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, fala sobre a importância deste momento. “Estamos trabalhando intensamente para que 2017 seja marcado pela mudança do eixo pedagógico nas escolas da rede. Estamos fazendo todos os esforços para que toda unidade escolar tenha o seu coordenador pedagógico e diversas atividades. Este ano, ganhamos mais 30 escolas em Tempo Integral. Vamos trabalhar muito, também, para a introdução da tecnologia, mas a tecnologia é apenas uma ferramenta. O mais importante é o espírito da escola, que é o seu conteúdo pedagógico, e este só pode ser tocado com o envolvimento das pessoas neste projeto”, afirmou.

“A Jornada representa um momento de compartilhar novas ideias com os pares, com que aprende e ensina, é também o momento de organizar o espaço escolar para a troca de experiências e saberes necessários  para a promoção de uma educação pública de qualidade na qual a principal objetivo seja a valorização da aprendizagem integral do educando”, ressalta a Patrícia D’ Ávila, diretora do Núcleo Regional de Educação de Santo Antonio de Jesus.
Conteúdos online – Como parte do suporte para a Jornada Pedagógica, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia disponibiliza uma série de materiais de apoio no Portal da Educação. Pelo endereço (http://jornadapedagogica.educacao.ba.gov.br) é possível acessar a programação da Jornada e as informações sobre os projetos estruturantes. Também estão disponíveis materiais de apoio aos professores, como Plano de Aula, Plano de Unidade por Componente Curricular e Plano por Área de Conhecimento. O Portal oferece, ainda, os instrumentos de avaliação das experiências positivas e os ajustes que devem ser feitos para o sucesso das atividades desenvolvidas, dando subsídios para o fortalecimento do trabalho pedagógico, durante o ano letivo.

 

Veja como solicitar certificação do Ensino Médio pelo Enem

certificadoOs estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), em 2016, e solicitaram a certificação do Ensino Médio pelo ENEM no ato da inscrição, tendo requisitado recebimento através da Secretaria da Educação do Estado, já podem dirigir-se às unidades escolares autorizadas do Estado da Bahia (veja lista abaixo). Entre os requisitos, o estudante deve ter atingido o mínimo de 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento do ENEM e 500 pontos na Redação.
Para obter o certificado, além do rendimento na avaliação, o candidato deve possuir 18 anos completos até a data de realização da primeira prova do ENEM, mesmo sendo emancipado, e apresentar os seguintes documentos: duas fotos 3X4 recentes,  RG e CPF (cópias e originais), cópia do resultado do ENEM e a senha para acesso ao sistema do resultado.
Fonte: Ascom Educação

Secretaria da Educação divulga resultado do sorteio eletrônico da Educação Profissional

Foto: Suami Dias

Foto: Suami Dias

Um total de 11.748 mil estudantes foram beneficiados com o sorteio eletrônico da Educação Profissional realizado, nesta segunda-feira (23), no auditório da Secretaria da Educação do Estado, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. São jovens e trabalhadores, que já concluíram o Ensino Médio e que vão voltar a estudar. As vagas são para 33 cursos técnicos de nível médio de 11 Eixos Tecnológicos, oferecidos nos Centros Estaduais e Territoriais de Educação Profissional e seus anexos, em 57 municípios baianos, nos 27 Territórios de Identidade. O resultado está disponível no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

O sorteio aconteceu na presença de representantes do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Procuradoria Geral do Estado (PGE), do Ministério Público Federal e do Conselho Estadual de Educação. Entre as contempladas estava a professora Débora Dias Santana, 36 anos, que decidiu investir em uma nova profissão. “Por meio de uma indicação de uma amiga e por ser oriunda da rede estadual, decidi me inscrever para o curso técnico de Secretariado, do Centro Estadual de Educação Profissional Isaías Alves. Há um bom tempo que eu gostaria de trabalhar nesta área. Estou feliz pelo sorteio e pela oportunidade de poder realizar esse curso”, ressaltou.

Segundo o superintendente da Educação Profissional da Bahia, Durval Libânio, os cursos ofertados abrangem diversas áreas de atuação. “Oferecemos cursos de diferentes áreas do conhecimento como Saúde, Produção Cultural, Recursos Naturais, Controle e Processos Industriais, Informática, Gestão e Negócios, Administração, Logística, entre outros que oportunizam a formação para os jovens e trabalhadores em toda a Bahia”, afirmou.

Durval ainda contou sobre as perspectivas para a oferta de mais vagas durante o ano de 2017. “No meio do ano teremos uma nova oferta onde terão cursos na área de Agropecuária e Agroecologia em regime de alternância para melhor atender os moradores da região rural. Também estamos trabalhando para ofertar Educação Profissional com Intermediação Tecnológica, além de cursos Pronatec de formação integral. Ao todo serão 108.000 vagas oferecidas neste ano”, afirmou.

Matrícula – A matrícula para os contemplados no Sorteio Eletrônico ocorre no período de 1º a 3 de fevereiro de 2017. Os candidatos contemplados devem se dirigir aos Centros Territoriais e Estaduais de Educação Profissional para os quais se inscreveram. No ato da matrícula, devem ser apresentadas cópias e originais dos seguintes documentos: CPF, histórico escolar, Carteira de Identidade e comprovante de residência. O início das aulas está previsto para 06 de fevereiro de 2017.

Os candidatos contemplados no Sorteio Eletrônico para os cursos no eixo tecnológico Produção Cultural e Design, ofertados pelo Centro Estadual de Educação Profissional em Artes e Design, em Salvador, passarão por um teste de habilidade específica. O teste, de caráter eliminatório, será aplicado no próprio Centro, durante o período de matrícula. Os estudantes deverão se dirigir ao Centro com os documentos necessários, pois se aprovados no teste de habilidade específica efetivarão a matricula imediatamente após o teste.

O sorteio e direcionado a estudantes que concluíram o Ensino Médio e suas modalidades, de forma gratuita, em estabelecimentos de ensino da rede pública de Educação – no âmbito federal, estadual ou municipal. Ou ainda que tenham, comprovadamente, cursado o Ensino Médio em instituição filantrópica ou em instituição privada na condição de bolsista integral. Das vagas ofertadas, 9.288 foram para o interior do Estado e 2.460 mil para Salvador e Região Metropolitana de Salvador (RMS).

 

Fonte: Ascom Educação